IMPRENSA

26/05/2015IMPRENSA, Noticias, São Paulo

CDU vai avaliar a utilização do OPUS na gestão do Minha Casa Minha Vida

Atendendo convite do presidente da Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados (CDU), deputado Júlio Lopes (PP/RJ), o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, visitou nesta quarta-feira (20/05/2015), o Comando do Exército Brasileiro para conhecer o Sistema Unificado do Processo de Obras (OPUS), utilizado pelo Departamento de Engenharia e Construção do Exército (DEC) por intermédio da Diretoria de Obras Militares (DOM) em todas as fases de uma obra: na decisão, no planejamento, na execução, no controle e na fiscalização.

Após a reunião, o ministro Kassab propôs a criação de um Grupo de Trabalho, composto pela CDU, Caixa Econômica Federal, Ministério das Cidades e Exército, com prazo de 30 dias, para analisar a implementação da tecnologia utilizada pela Engenharia do Exército no controle das obras do Ministério das Cidades, incluindo o Programa Minha Casa Minha Vida. “São 7.000 obras em andamento no Ministério e o Exército tem uma metodologia que poderá ser empregada na gestão do Projeto Minha Casa Minha Vida e em outras obras do Ministério”, ressaltou o ministro. Para o presidente da CDU, deputado Júlio Lopes, o Exército está na dianteira do País e com iniciativas semelhantes às de grandes países do mundo no controle e na gestão de suas obras.

 

Reunião

Participaram também da reunião: o diretor titular adjunto do Deconcic e coordenador do Programa Compete Brasil da Fiesp, Mario William Esper, o deputado Agnaldo Ribeiro, o deputado José Nunes, o deputado Heuler Cruvinel; o secretário executivo do Ministério das Cidades, Elton Santa Fé Zacarias, a secretária nacional de Habitação, Inês Magalhães, o secretário nacional de Saneamento Ambiental, Paulo Magalhães, o sectretário nacional de Mobilidade Urbana, Dario Lopes, o secretário nacional de Acessibilidade e Programas Urbanos, Luis Ramos, o coordenador-geral do PAC na Caixa, Luiz Alberto Sugahara, e o vice-chefe do Departamento de Engenharia e Construção, General Megide.

Fonte: Exército, com assessoria da CDU

OPUS

De acordo com o diretor de Obras Militares, general Marcelo Eschiletti, o OPUS “é um sistema informatizado de apoio à decisão que visa suportar as funcionalidades de planejamento, programação, acompanhamento, fiscalização, controle, gerência e execução de obras e serviços de engenharia de todas as atividades dos macroprocessos finalísticos do Sistema de Obras Militares (SOM), tanto no nível executivo quanto gerencial e estratégico, uma vez que permite conhecer e acompanhar todas as obras do Exército e seus cronogramas, desde a decisão do empreendimento até a sua finalização”.   Segundo o chefe do Departamento de Engenharia e Construção (DEC), general Joaquim Maia Brandão, a economicidade proporcionada pela utilização do OPUS traz benefícios para toda a sociedade brasileira."Primeiro, eu gostaria de revelar que a visita do ministro Kassab e dos deputados da CDU nos enche de orgulho, porque é um reconhecimento do nosso trabalho. São oito anos de estudos e de aplicação no desenvolvimento do OPUS como ferramenta de gestão. A economicidade traz benefícios para toda a sociedade brasileira e o que o Exército puder fazer para colaborar com o País, ele não se furtará a fazer. O importante é a gestão em todas as etapas dos empreendimentos, desde a decisão estratégica até o produto final. Tendo planejamento, controle e fiscalização, é possível atingir os objetivos de uma obra", avaliou.   O general Villas Bôas, Comandante do Exército, colocou a Força à disposição das instituições que procuraram conhecer o processo de gestão das obras militares."Na contemporaneidade, ninguém pode pensar em Defesa de maneira isolada; nós temos uma contribuição a dar ao País em relação à tecnologia, ao ensino e em outros processos quando se fala em Engenharia. Estamos à disposição para sentarmos e colaborarmos para o engrandecimento do País", ressaltou.

Tags:, , , ,