IMPRENSA

12/04/2011IMPRENSA, Norte/Nordeste, Noticias

Construtoras pernambucanas com resultados positivos

A Comunidade da Construção do Recife, durante workshop realizado em março no Sinduscon-PE, apresentou o balanço dos resultados alcançados em seu 4º Ciclo de Atividades, que envolveu a participação de 30 construtoras e 19 fornecedores durante dois anos. Nesse período, a Comunidade registrou avanços significativos, inclusive com o aumento do número de participantes.

Com a presença de 90 profissionais, foram apresentados os resultados do Programa Obra Monitorada, que realizou estudos e capacitações sobre a alvenaria racionalizada de vedação com blocos de concreto. A construtora Romarco falou sobre sua experiência com a utilização do sistema na construção do edifício Orquídea, do Condomínio Morada Verde, que durante três meses teve seus números avaliados através da metodologia da Comunidade. A empresa registrou indicadores médios de perdas de blocos de concreto de 2,6%, enquanto a média quantificada em estudo da Escola Politécnica de Pernambuco (Poli/UPE), em Pernambuco, é de 13,9%, e em outra pesquisa da Escola Politécnica de Universidade de São Paulo (FINEP/EPUSP) em 37 construções, é de 17%.

Após utilizar, pela primeira vez, o sistema de alvenaria de vedação com blocos de concreto na obra do Condomínio Sítio Donino, no Recife, a construtora Conic Souza Filho apresentou um de seus próximos empreendimentos (Condomínio Reserva do Poço), que também será monitorado pela Comunidade. O diretor da construtora, Lucian Fragoso, revelou como resultado do trabalho da Comunidade o surgimento de vários fornecedores de blocos de qualidade no Estado. “Outro ganho é que, hoje, conseguimos colocar cinco a sete profissionais de especialidades diferentes trabalhando juntos. Além disso, tivemos uma redução importante no custo total da obra do Sítio Donino e nosso interesse, nesse segundo empreendimento, é aumentar essa economia. Neste próximo empreendimento, inclusive, nem mesmo os pedreiros querem mais voltar à alvenaria com tijolos cerâmicos”, afirmou.

Fez parte do roteiro do workshop, ainda, palestras sobre o Programa de Alvenaria Estrutural e Revestimento da Comunidade, o Programa de Produtividade na Execução de Estruturas de Concreto Armado, a Pesquisa de Desenvolvimento e Aplicação de Metodologia de Coordenação de Projeto de Estruturas de Concreto, da qual resultou o Manual de Coordenação de Projetos Pernambucano, e sobre as ações que serão desenvolvidas no 5º Ciclo de Atividades.

Tags:,