Centro-Oeste

29/09/2010Centro-Oeste, IMPRENSA, Noticias

Entidades de Brasília promovem evento para debater a acessibilidade

O escritório regional Centro-Oeste da ABCP, em parceria com a comissão permanente de acessibilidade da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Meio Ambiente (Seduma), e o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Distrito Federal (Sinduscon/DF), realizou o ciclo de palestras “Infraestrutura Urbana – Calçada Sustentável”.

A abertura ficou sob a responsabilidade do arquiteto Guilherme Takeda (consultor técnico da ABCP), que abordou o tema “Soluções para Cidades”, debruçado sobre o caso de Anápolis, cidade goiana que é destaque na região centro-oeste por seus projetos em busca de melhoria na questão da acessibilidade. A presidente do Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência e coordenadora técnica da Comissão Permanente de Acessibilidade da Seduma, Márcia Muniz, abordou a questão dos projetos urbanos necessários para garantir acessibilidade no Distrito Federal.

A palestra do engenheiro Augusto Fernandes, especialista em acessibilidade também estava entre os destaques da noite, na ocasião ele apresentou o case “Calçada Consciente”. Implementado em uma quadra no Setor Bueno, em Goiânia, o projeto – vencedor do prêmio de Meio Ambiente – do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Goiás (Crea-GO), atende à legislação brasileira e ao Estatuto do Pedestre de Goiânia, porque resgata o respeito ao pedestre.

O espaço tratado ganhou calçadas limpas, com piso antiderrapante, em inclinação e largura adequadas à circulação e mobilidade. O passeio sem obstáculos facilita a vida da comunidade, principalmente dos que têm mais dificuldades como deficientes visuais, idosos, gestantes, condutores de carrinhos de bebê e portadores de deficiência locomotora, como é o caso do próprio Augusto, usuário de cadeira de rodas.

Tags: