Caro usuário, este site utiliza cookies para ajudar a fornecer a melhor experiência on-line possível. Leia nossa Política de Privacidade para saber mais sobre as informações que coletamos em nosso site e sua finalidade. Ao continuar a usar este site, você concorda que podemos armazenar e acessar cookies no seu dispositivo.

Eventos

03/04/2018Eventos

Cidades Inteligentes Sustentáveis – Sistema INFRAVIA

 

Data
06 de abril de 2018

Local
Maringá-PR

Mais informações: https://www.sympla.com.br/cidades-inteligentes-sustentaveis—sistema-infravia__264915

 

Sobre o evento
Oportunizar uma nova forma de pensar o desenho urbano, principalmente as calçadas e ciclovias, incorporando a estas uma estratégia de projeto conjunto com as infraestruturas urbanas, agregando novas formas de captação de áreas e recursos é um dos objetivos propostos pelo sistema INFRAVIA.

O sistema INFRAVIA substitui as redes de infraestrutura hoje construídas sob as ruas e concentra estas na calçada e ciclovia, em um sistema subterrâneo, reduzindo as intervenções no pavimento das ruas durante a construção, manutenção, operação e expansão destas instalações. Este sistema substitui a construção individualizada de redes de gás natural, água potável, hidrante público, telefonia, TV a cabo, dados, eletricidade e iluminação pública, e engloba estas redes em uma única vala na calçada, inseridas em uma calha feita de plástico reciclado, produzida em projeto social e projetada com o conceito de “dispositivo à prova de falhas”, reduzindo os acidentes e as intervenções no pavimento das ruas durante a construção, manutenção, operação e expansão dessas instalações.

O sistema também utiliza a ciclovia para a implantação de redes de esgoto, redes de gás canalizado de alta pressão e adutoras, tendo anexo um sistema de drenagem de água de chuva baseado em infraestrutura verde, com um conceito de sistema de “jardim de chuva”, criado como barreira física para proteger ciclistas de carros e para coletar água de chuva, alinhada com os critérios de sustentabilidade, uma vez que coleta, armazena e filtra água das chuvas para reutilização ou devolver água limpa à natureza.

O sistema apresentou, além das vantagens acima descritas, redução de custos na implantação de redes de infraestrutura da ordem de 35% e de 70% na implantação de novos ramais para clientes, através da implantação e avaliação de protótipo em escala real no parque tecnológico Sapiens Parque em 2016, em Florianópolis-SC. Reduções de custo na operação e manutenção das redes de infraestrutura através do sistema INFRAVIA estão estimadas na ordem de 60%, e de 70% no tempo de execução, devido principalmente à não destruição do pavimento da rua, baixa profundidade das atividades e a rápida abertura e recomposição do piso da calçada que cobre o sistema INFRAVIA.

Público Alvo: Estudantes universitários, Gestores públicos, Construtoras e Incorporadoras, Concessionárias de infraestrutura e correlatos.

Palestrante:
Dr. Aloisio Pereira da Silva – Engenheiro Civil pela Universidade Estadual de Maringá, MBA em Administração pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Mestre em Construção Civil pela Universidade Federal do Paraná, Doutor em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina e Pesquisador Visitante no Texas A & M Transportation Institute U.S., Conselheiro Titular da Câmara Especializada de Engenharia Civil do CREA-SC. Membro revisor da Norma Brasileira ABNT NBR 12712 – Projeto de sistemas de transmissão e distribuição de gás combustível e membro da Comissão CE 09: 302-01 – Comissão de Estudo de Sistema de Transporte e Distribuição de Gás Combustível – do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) e Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Membro do Comitê Nacional CE-18:600.25 – Comissão de Estudo de Galerias Técnicas de Concreto e participou na criação da norma ABNT NBR 16584/2017 – Galeria técnica pré-moldada em concreto para compartilhamento de infraestrutura e ordenamento do subsolo. Atuou na Secretaria de Obras de Foz do Iguaçu, na Usina Hidrelétrica Itaipu como gerente na construção do Refúgio Biológico Bela Vista e também como Diretor de Engenharia na Companhia de Habitação de Foz do Iguaçu (COHAFOZ). No Centro Universitário UDC atuou como Professor nos Cursos de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo e na Pós-Graduação em Gestão de Cidades. Atualmente é engenheiro de Construção e Montagem Sênior desde 2006 na SCGÁS – Companhia de Gás de Santa Catarina, hoje sob licença para trabalhar na Secretaria de Estado de Planejamento/SUDERF desde 2015, através de ato do Governador do Estado, atuando na Diretoria Técnica.