IMPRENSA

10/02/2022IMPRENSA, Noticias, São Paulo

hubIC consolida investimento em inovação na indústria da construção

Empresas e universidade desenvolvem projetos pré-competitivos hardtech para alavancar a inovação do setor através de convênio ABCP-SNIC com a POLI-USP

Firmado em setembro de 2020, entre a Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) e o Sindicato Nacional da Indústria do Cimento (SNIC) com a Universidade de São Paulo (USP), por meio da Escola Politécnica (POLI), o acordo de cooperação técnica para operação do primeiro espaço cooperativo de inovação e construção digital de base industrial do Brasil, batizado de hubIC, alcançou ao final de 2021, seu primeiro ano de funcionamento, resultados significativos e em consonância com os ambiciosos objetivos e metas traçadas para acelerar a transição da construção civil para uma economia digital e circular, por meio de soluções inovadoras, competitivas, com baixa pegada ambiental e de alta produtividade e qualidade.

E isso foi possível porque renomadas empresas, especialistas, fabricantes de cimento, entre tantos outros integrantes da cadeia produtiva da construção uniram esforços para a criação, construção e desenvolvimento de propostas inovadorashardtech que tiveram a capacidade de atrair investimentos e de ganhar visibilidade na cadeia produtiva da construção, fruto de  um posicionamento do hubIC, inteiramente conectado ao Centro de Inovação em Construção Sustentável (CICS USP), um ecossistema de empresas e academia dedicado a promover a inovação, a sustentabilidade e a produtividade na construção civil.

Para isso, em 2021 reuniram-se 33 empresas e mais de 100 especialistas capitaneados pelos profissionais das partes conveniadas que debateram as proposições apresentadas e elencaram os principais objetivos a serem alcançados.

Vários grupos de trabalho foram constituídos e inúmeros tech talks, trilhas de conhecimento e de networking foram realizados, de modo a definir que propostas e projetos deveriam se orientar pela redução dos impactos ambientais – especialmente a emissão de carbono – e pela menor geração de resíduos, levando em consideração a adoção e prática dos conceitos de economia circular na própria cadeia da construção.

A partir disso, cinco projetos pré-competitivos de PD&I (Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação) foram analisados por acadêmicos e profissionais do mercado, resultando na seleção de três iniciativas de grande potencialidade de implementação e lançamento ao mercado.

“Um dos nossos principais desafios é contribuir para o desenvolvimento de soluções tecnológicas que resolvam problemas reais do mercado, com baixa pegada ambiental e alta produtividade. Combinar perspectivas e competências de uma rede com fornecedores, consultores e pesquisadores da Universidade é um desafio, que uma vez equacionado, potencializa muito a qualidade da solução. É o que estamos fazendo aqui no hubIC, incrementado ainda pela possibilidade de captação de recursos de outros órgãos de fomento”, comenta Valter Frigieri, diretor de Mercado da ABCP e um dos coordenadores do hubIC.

Ao final do exercício de 2021, no balanço feito a respeito do primeiro ano de atuação do hubIC, os representantes institucionais das signatárias do convênio externaram suas positivas considerações a respeito da parceria. A prof. Dra. Liedi Bernucci, ex-diretora da Escola Politécnica e atual presidente do IPT, manifestou sua satisfação com o sucesso obtido nos projetos cooperativos da academia com a indústria. “Quando falamos em qualidade de vida também estamos falando em ecossistemas. A preservação do meio ambiente e o bem-estar da sociedade são princípios indissociáveis e o hubIC entende isso de uma forma muito inovadora, criando produtos e soluções de engenharia para a sociedade”, disse.

Reduzir a quantidade da palavra bem-estar

Já Paulo Camillo Penna, presidente da ABCP e do SNIC, destacou o histórico das grandes realizações que o hubIC já propiciou, além do campo de ação que a indústria tem permanentemente ligado à ciência, inovação e desenvolvimento tecnológico. “Temos a ambição de efetivamente acelerar a transição da construção com a economia digital de soluções inovadoras, competitivas, de baixa pegada ambiental, e o surgimento do hubIC se dá em um processo de modernização das relações que a ABCP tem com a USP, especialmente com a POLI”, comenta.

A inauguração da plataforma de construção digital (infraestrutura laboratorial multiuso para produção e impressão 3D de componentes cimentícios em escala 1:1) e do espaço de trabalho compartilhado – o coworking –, para estimular o encontro e a interação dos participantes de projetos e startups (ambos os espaços localizados nas instalações da ABCP) são conquistas já traçadas bastante adiantadas para o primeiro semestre de 2022.

A Cátedra Ary Torres, sob comando do professor Kamal Khayat, doutor em Engenharia Civil pela Universidade de Berkeley, terá continuidade em 2022, somando novas ideias aos projetos em andamento.

Informações detalhadas sobre o projeto e completas sobre a adesão encontram-se disponíveis no site e nas redes sociais do hubIC, de modo a estimular que mais empresas e profissionais possam se somar a esta grande iniciativa.

 

Sobre o hubIC

Hub de inovação e construção digital que une o mercado a favor do desenvolvimento de P,D&I – pesquisa, desenvolvimento e inovação. É o resultado da parceria entre o setor do cimento – através da Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) e do Sindicato Nacional da Indústria do Cimento (SNIC) – e o setor acadêmico (Universidade de São Paulo e Escola Politécnica), que está interligado ao Centro de Inovação em Construção Sustentável, CICS USP, um ecossistema de empresas e academia dedicado a promover a inovação, a sustentabilidade e a produtividade na construção civil. Conheça mais detalhes no site www.hubic.org.br

 

Sobre a ABCP

A Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) é uma entidade sem fins lucrativos, mantida pela indústria brasileira do cimento, que há mais de 80 anos promove estudos sobre o cimento e seus sistemas construtivos e presta serviços laboratoriais de excelência à cadeia produtiva da construção civil que emprega o concreto. Mantém uma equipe de profissionais graduados à disposição do mercado, para consultoria e suporte a grandes obras da engenharia brasileira. Para conhecer a ABCP, visite o Portal www.abcp.org.br

 

Informações para Imprensa

Celso de Souza – (11) 99193-1593 – celso.souza@fsb.com.br

Mônica Magalhães – (11) 97122-0279 – monica.magalhaes@fsb.com.br

Daniela Nogueira – (11) 96606-4960 – daniela.nogueira@fsb.com.br

Tags:, ,