Caro usuário, este site utiliza cookies para ajudar a fornecer a melhor experiência on-line possível. Leia nossa Política de Privacidade para saber mais sobre as informações que coletamos em nosso site e sua finalidade. Ao continuar a usar este site, você concorda que podemos armazenar e acessar cookies no seu dispositivo.

IMPRENSA

19/10/2011IMPRENSA, Noticias, Sul

Cidades catarinenses ganham paradas de ônibus em concreto

A ABCP/Sul, por meio do representante em Santa Catarina, Norberto Krüger, presta apoio técnico às obras de implantação das paradas de ônibus em concreto nas cidades de Criciúma e Blumenau – primeiras cida-des catarinenses a adotarem o sistema nas faixas exclusivas para ônibus. O projeto segue o modelo de outros grandes centros, como Curitiba, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, que já investiram no sistema de forma intensa. A ABCP Sul foi a responsável por toda a revisão dos projetos das prefeituras e também pelo acompanhamento das obras catarinenses.

Para as prefeituras das duas cidades, a escolha do pavimento em concreto nas paradas de ônibus teve como fator decisivo as vantagens da tecnologia, como afirma a engenheira Kátia M. Smielevski Gomes, da Secretaria do Sistema de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana da Prefeitura de Criciúma (SC). “A rápida deterioração do pavimento, até por ser um local suscetível ao derramamento de óleo comprometia a performance do  pavimento existente e acarretava na necessidade de constantes interdições da estação, o que, por consequência, causava transtornos de mobilidade aos usuários do transporte coletivo”.

Juntas, as cidades de Criciúma e Blumenau terão ao término das obras 27 estações de embarque e desembarque. A partir delas, segundo as prefeituras, será possível realizar, em médio prazo, a análise das vantagens da sua utilização em vias de tráfego pesado. Em Criciúma serão 23 estações da linha troncal ligando os terminais de transporte coletivo dos bairros Pinheirinho, Centro e Próspera. Na cidade de Blumenau serão quatro paradas, duas na rua 7 de setembro e duas na  avenida Beira Rio, ambas no centro entre os terminais Proeb e Fonte. A ABCP Sul  também está analisando a possibilidade da aplicação do pavimento rígido em paradas de ônibus da cidade de Joinville (SC), terceira cidade a seguir a tendência no estado de Santa Catarina.

Tags: