Cimento na Mídia

12/04/2021Cimento na Mídia, IMPRENSA, Noticias, São Paulo

Pavimentos permeáveis

Saiba um pouco mais sobre pavimento permeável, forte aliado no combate às enchentes nos centros urbanos

A ausência de uma infraestrutura urbana para a adequada coleta e direcionamento da água da chuva, em tempo de alta pluviosidade, pode acarretar diversos danos para as áreas atingidas que vão além de um simples alagamento, como erosões em áreas desprotegidas e terrenos íngremes, assoreamento de corpos hídricos e problemas estruturais nos pavimentos, além de deslizamentos de terra e graves inundações.

A magnitude do problema é histórica e envolve fatores que vão desde a urbanização precária e caótica, desigualdades sociais até interesses políticos e econômicos. Problemas dessa natureza não são fáceis de serem resolvidos e exigem um elenco de medidas e soluções interligadas para um resultado mais efetivo. Um dos principais desafios dos administradores públicos e demais atores recorrem a projetos urbanísticos e de infraestrutura que possam minimizar ou até reverter as consequências destes fenômenos. Trata-se de uma constante busca de alternativas que possam influenciar na qualidade de vida das pessoas através da melhoria da infraestrutura urbana – principalmente às voltadas para acessibilidade e mobilidade (calçadas, ciclovias e vias urbanas), saneamento, espaços públicos e habitação.

Em áreas urbanas densamente ocupadas, as superfícies destinadas ao sistema viário e áreas industriais e residenciais ocupam espaços consideráveis, chegando a 30% da área da bacia de drenagem. De acordo com o engenheiro Cláudio Oliveira Silva, Gerente de Inovação e Sustentabilidade da ABCP (Associação Brasileira de Cimento Portland), a utilização de pavimentos permeáveis contribui para a diminuição do escoamento superficial e de problemas de inundações urbanas, sendo uma excelente alternativa no combate às enchentes.

Os pavimentos permeáveis podem ser utilizados em praticamente todos os tipos de obras. Seja uma edificação residencial, comercial ou industrial ou em áreas públicas como ruas e praças. Sua aplicação pode ser em calçadas, vagas de estacionamento ou grandes pátios. Em cada caso deve-se avaliar o tipo de carga a que o pavimento estará submetido e também se deve conhecer as condições pluviométricas do local.

“Ao permitir a passagem da água através de sua estrutura, o pavimento permeável minimiza a impermeabilização das áreas que ocorre com os sistemas convencionais e, dependendo das condições de projeto, a água retirada da superfície pode retornar ao lençol d’água ou até ser reaproveitada, no caso das edificações industriais e residenciais, como água de reuso.” (Cláudio Oliveira Silva, gerente de Inovação e Sustentabilidade da ABCP)

O sistema de pavimentos permeáveis avançou bastante no Brasil nos últimos anos. Muitas obras – públicas e também privadas – já utilizam o sistema. Porém, o trabalho de divulgação do sistema e da norma técnica ABNT NBR 16416 (vigor desde 2015) deve ser continuo, principalmente junto aos órgãos públicos e aos principais especificadores (arquitetos, engenheiros e paisagistas) que podem utilizar o sistema permeável em seus projetos. A partir de um maior conhecimento por parte dos técnicos e responsáveis pela administração pública o sistema permeável deve ser cada vez mais utilizado. Além disso, pode-se aproveitar incentivos fiscais pela adoção do pavimento permeável, alguns Prefeituras já oferecem descontos no IPTU caso a edificação utilize este tipo de pavimento.

Quando falamos em soluções orientadas a esses benefícios temos que destacar as características da principal matéria-prima comum a todas essas possibilidades, o cimento. Além de ser um dos materiais de construção mais consumidos pelo Homem, é um material versátil, que pode ser empregado em mobiliário urbano, pavimentos, edificações, obras de saneamento, pontes e viadutos, além, claro, de grandes obras e infraestrutura (barragens, estradas, portos e aeroportos). A indústria do cimento tem atuado fortemente nessa área e está empenhada em demonstrar o valor que o cimento agrega para os usuários, contribuintes e administradores públicos, como através do projeto Soluções Para Cidades , em que a cadeia produtiva do concreto reforça seu compromisso institucional de apoiar o desenvolvimento, a transferência de tecnologia e o uso adequado dos sistemas construtivos à base de cimento a favor da mobilidade nos centros urbanos.

Fonte: Casa e Mercado

Leia aqui a matéria completa.

 

Tags:, , , ,