Centro-Oeste

29/09/2010Centro-Oeste, IMPRENSA, Noticias

Vila Estrutural ganha moradias, drenagem e pavimentação

A Vila Estrutural em Brasília, antigo “Lixão da Estrutural”, está recebendo do Governo do Distrito Federal (GDF) um tratamento de cidadania. No local, estão sendo construídas 1.290 unidades habitacionais em alvenaria estrutural com blocos de concreto, através de projeto desenvolvido pela ABCP CO, de autoria do engenheiro Gilson Marafiga Pedroso.

O projeto das casas inclui uma área construída de 50 m2  distribuídos em dois quartos, banheiro, cozinha e sala, já entregue ao morador com todo o acabamento necessário, inclusive pintura. As moradias serão gratuitas para aqueles que ganham até três salários mínimos por família. A classificação dos beneficiados para a entrega das chaves segue os critérios habitacionais de outros programas do governo, como por exemplo: não ter outro imóvel, ser morador do Distrito Federal há mais de cinco anos, entre outras exigências.

Infraestrutura: Além da construção das moradias, a Vila Estrutural está passando por um plano de urbanização, com ruas internas executadas com pavimento intertravado e que vai beneficiar mais de 35 mil moradores. Três são as fontes de investimento: verbas do Governo Federal, pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Banco Mundial (BIRD) e do GDF. As transformações na Vila Estrutural incluem também infraestrutura, saneamento, pavimentação, melhorias no sistema viário e implantação de equipamentos públicos. O projeto prevê ainda a instalação de escolas, posto policial, posto de saúde, hospital e centro de atendimento ao idoso. Ao total, são mais de R$ 300 milhões investidos em melhorias.

Para o escritório regional Centro-Oeste da ABCP, este projeto consolida a implantação de vários sistemas à base de cimento propostos à Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (CODHAB), para atender os programas habitacionais de baixa renda, disseminado em várias outras localidades do Distrito Federal.

Tags:, ,