IMPRENSA

12/05/2011IMPRENSA, Noticias, Rio de Janeiro/Espírito Santo

Workshop apresenta tecnologias em pisos de concreto

As prefeituras de Queimados e Itaguaí, em parceria com ABCP e Firjan, promoveram workshops de capacitação técnica como parte do Projeto Mobilidade Urbana – Programa Calçada Acessível. O objetivo dos workshops é sensibilizar as equipes técnicas das prefeituras para as atuais condições das calçadas e orientar na utilização de produtos mais adequados, a fim de promover a acessibilidade. O evento proporcionou aos técnicos a vivência das barreiras encontradas por pessoas portadoras de deficiência e abordou temas estratégicos para a acessibilidade como “Pessoas com Deficiência ou Mobilidade Reduzida”, “Exclusão Espacial” e “Desvantagem e Acessibilidade”.

O Programa surgiu em 2010 e tem como finalidade aprimorar o conhecimento das equipes técnicas e trocar experiências sobre acessibilidade, objetivando a padronização e a qualidade das calçadas que usam produtos à base de cimento. Essa iniciativa é fruto da parceria entre a ABCP e a Firjan e conta com o apoio do Ministério das Cidades, Ministério Público, Crea-RJ, Sinduscon-Rio, BlocoBrasil e do Núcleo Pró-acesso da FAU/UFRJ (Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro).

As etapas de vivência dos workshops, que ocorrem em locais recém-reurbanizados, são realizadas fazendo com que os participantes usem cadeiras de rodas e vendas nos olhos e tem ajudado aos arquitetos, engenheiros e fiscais das prefeituras a perceberem o quanto técnicas e produtos adequados podem favorecer na elaboração de um bom projeto e na execução da obra.

Para o prefeito de Queimados, Max Rodrigues Lemos, o tema é estratégico para a população. “Precisamos garantir o direito de livre acesso porque isso também é promover a melhoria da qualidade de vidas das pessoas. Esse debate representou muito para Queimados, já que, a partir das discussões, poderemos buscar ainda mais parcerias para o desenvolvimento de projetos”.

A presidente do Conselho Municipal do Direito das Pessoas com Deficiência de Queimados, Sirlene Marquiori, destacou a importância de iniciativas como essa para a qualidade de vida das pessoas. “Melhorar a acessibilidade será bom para deficientes físicos, idosos, crianças e mulheres grávidas. Sou deficiente e entendo bem as dificuldades”. Ela informou que a prefeitura de Queimados está montando uma Comissão Permanente de Acessibilidade.

Tags:, ,